Com contrato milionário, Flamengo entra para o lucrativo mercado dos fan tokens

Agora é oficial: o Flamengo vai lançar seus fan tokens – um tipo de criptomoeda – na plataforma Socios.com. O clube carioca já havia acertado o contrato de parceria com a empresa no início do mês de setembro e, após aprovação do Conselho Deliberativo do clube alguns dias depois, a negociação foi oficializada.

flamengo socios.com

O acordo tem duração até o final de 2025 e renderá ao clube um valor mínimo garantido que gira em torno dos R$ 150 milhões. Além do “fixo”, está incluída uma variável por desempenho, correspondente a um valor cujo repasse dependerá da performance de vendas dos fan tokens Rubro-Negros.

A parceria entre a Socios.com e o clube carioca não deve se limitar à venda dos ativos: há também a possibilidade de exposição da marca na camisa de treino do time masculino profissional, na camisa de jogo da equipe feminina e também nos times das categorias de base. Não bastasse, pacotes de mídia, como aparição da marca na FlaTV – canal oficial do clube no YouTube – e nas redes sociais do time.

A divulgação do fan token – que vai se chamar $MENGO – causou rebuliço no mundo virtual e foi motivo de comemoração pelos flamenguistas. O post sobre o assunto no perfil oficial do Flamengo no Twitter rendeu quase 12 mil curtidas em menos de 24 horas.

A expectativa é que a moeda digital do time seja lançada até o final do ano.

Socios.com e a expansão global dos fan tokens

Assim como é a famosa Bitcoin, os fan tokens também são um ativo digital protegido por uma criptografia, e podem ser negociados na bolsa e sofrer oscilações em seu valor.

O prazo de validade das tokens, os valores a serem cobrados inicialmente, além do encerramento da criptomoeda são definidos pelos próprios clubes antes de serem colocadas à venda.

Os fan tokens são considerados um tipo de token de utilidade, porque foram criados para gerar o engajamento dos torcedores com o time, através do acesso à serviços exclusivos de interação e aproximação com as instituições esportivas. Além disso, com a aquisição dos mesmos, geram uma nova fonte de renda para os clubes.

As plataformas criptográficas são as responsáveis pela criação desta modalidade de tokens e, até agora, a maior delas é a Socios.com. A empresa é a líder mundial do setor e já emitiu alguns dos mais populares fan tokens, como os do Paris Saint-Germain (PSG), da França, e os do Barcelona, da Espanha.

Galo e Timão foram pioneiros em parceria com a Socios.com

Os outros dois (2) clubes brasileiros que já venderam seus ativos na plataforma Socios.com são o Atlético-MG e o Corinthians.

No início de agosto, o Atlético mineiro vendeu 850 mil fan tokens para os seus torcedores através da plataforma. A moeda $GALO gerou uma arrecadação de R$ 9 milhões, e metade deste valor foi repassado ao clube. A iniciativa foi considerada um grande sucesso, já que os primeiros 600 mil $GALO foram vendidos em menos de dez minutos, o que, até então, representou a quarta venda mais rápida da história do site.

Já em setembro, o Corinthians também contou com o fanatismo da torcida corintiana ao bater o recorde de vendas no lançamento de seus ativos na plataforma – as 850 mil unidades do $SCCP foram esgotadas em apenas duas (2) horas depois do lançamento, gerando uma arrecadação total de quase R$ 9 milhões.

O Corinthians já fez a listagem desses ativos no site do Mercado Bitcoin, uma semana após a venda dos tokens, e o volume de negociação das criptomoedas superou a marca dos R$ 17 milhões só nas primeiras 24 horas. Devido ao sucesso, a diretoria atleticana pretende fazer o mesmo em breve.

Melhores Casas de Apostas
Melhores Bônus de Apostas
Para Cima
Fechar
×
Seu Código de Bônus:
A oferta de bônus foi aberta em uma outra janela. Pode também clicar no seguinte link:
Ir para a Casa